Reencarnação

reencarnação

Nas atuais religiões Cristãs Ocidentais, não nos é ensinado sobre a reencarnação. Passagens da Bíblia se perderam, quer pela tradução, que sabemos que nunca fica fiel, quer pelas inúmeras interferências humanas. 

 A formação do caráter e da personalidade demanda de centenas de encarnações, nascemos tendo nossas preferências, costumes, mesmo sem ninguém ter nós ensinado nada sobre. Explica também traumas, medos, fobias, justifica porque gostamos tanto de algumas pessoas e sentimos tanto afinidade e, porque não somos tão recíprocas a outras. Porque algumas pessoas tem facilidades em algumas áreas da vida, e outras precisam se esforçar mais.

 Algumas pessoas citam o fato de não lembrar das vidas passadas e por isso não acreditam em reencarnação, mas, como Maria cita nos livros da Saint German Press, a lei é misericordiosa, se o nosso lado humano fica atordoado com o que vai acontecer amanhã, ou com que fizemos em nosso passado, imagina como seria insuportável, lembrarmos de um milhão de coisas feitas nas centenas de milhares de encarnações passadas.

 Mas todos os registros estão em nosso corpo etérico, todas as coisas boas estão acumuladas em nosso corpo Causal, e as ruins, estão no nosso corpo das memórias (etérico) esperando para serem aniquiladas e transmutadas com a Chama Violeta, o fogo Divino!

 Vou deixar aqui alguns tópicos, para meditação, a ignorância de um fato, não faz com que ele deixe de existir…

 Vocês acham que Deus sendo o mais puro e sublime amor seria injusto? – Supondo que a maioria responda que não, eu continuo…

 – Como explicar então que, crianças já nasçam doentes e manifestando grande sofrimento físico?


 Como explicar que, algumas pessoas vivam aparentemente, aos nossos olhos humanos, cometendo tantos erros, possam desposar de uma vida feliz e tranquila?

– Enquanto outras trabalham “duro”, são honestas, mas passam por grandes sofrimentos?

– Como explicar muitas pessoas maravilhosas sendo tomadas por violências ou brutalidades, e todo tipo de infortúnio?

 Algumas pessoas acham que por não acreditar em algo,  estão isentas do mesmo, bom isso só causa atraso, visto que é muito mais fácil, corrigir e guiar se,  quando se conhece  e vive na verdade e  caminho correto.

Reencarnação por Thomaz Printz,

Deus é bom

“A reencarnação é a verdadeira e a única explicação lógica para inúmeras injustiças aparentes, o que se verifica quando, por exemplo, se vê tanto destino pesado em certas pessoas boas e valiosas enquanto outras que chamamos de “más” – gozam de um viver feliz! Podeis estar certos, não há descuido; a não ser que cada um encontre, novamente, o efeito das antigas causas que, em qualquer tempo, no passado, haja semeado – mas das quais não possui mais nenhuma lembrança.

 Assim, pois, depende de como cada um irá reagir no decorrer dos fatos e circunstâncias e desta forma será determinado como cada um viverá no futuro.

 Se alguém pode neutralizar seus erros, se ele próprio quer prestar um serviço a outrem e com isso dissolver o mal, então estará livre da culpa, mas se ele não consegue redimir-se, a vida destas duas pessoas será cada vez mais embaraçosa, até que em alguma encarnação futura isto seja alcançado.

 A maioria das pessoas são levadas a aproximarem-se com o único intuito de dissolver as “culpas” esquecidas no passado.

 Quando entre algumas pessoas reina a atração do amor e da harmonia é certo que, em outra época, já havia uma união harmoniosa e juntos trabalharam, podendo expandir estas qualidades no mundo aos que tanto necessitam delas. Quando surgir um sentimento relutante ao encontrarmos com alguém, quando percebermos que devemos estar em guarda, isto é recordação de sentimentos desagradáveis e desarmônicos de ligações do passado.

Deus é um Deus de Amor e – UM BOM DEUS – nunca iria prover seus filhos – uma metade com amor beleza, alegria, abundância e dotadas de todo bem – e a outra metade carregada com doenças e coisas impuras da vida. Bons pais não fazem diferença entre seus filhos, e Deus não o faria, absolutamente.

 Imaginai, por exemplo, dois jovens: um deles nasceu numa família de alta posição, tem pais bondosos e tornou-se um cidadão conceituado da comunidade; o outro jovem é um filho criado à “margem da vida”, é doente e, talvez, ainda na juventude, entrará em contato com criminosos para terminar sua existência na prisão. Isto pareceria uma injustiça; mas ele colheu aquilo que em tantas outras encarnações de suas vidas passadas praticara.

 O jovem trabalhador a quem interessa progredir quer seguir o chamado divino que em tantas outras vidas já havia escutado; ele vivia em existências anteriores de acordo com a melhor sabedoria e consciência e construiu, pouco a pouco, um bom carma que, agora, pode usufruir. O segundo jovem fez exatamente o contrário: ele também recebeu a voz divina, pois DEUS PULSA EM CADA CORAÇÃO HUMANO, mas quis desconhecer esta voz por sua livre vontade; também no passado agia e sabia que estava praticando o mal e, assim, carregava, pouco a pouco, o carma que agora ele vive – E daquilo que fizer de sua vida atual determinará se suas culpas serão resgatadas ou se continuará aglomerando mais carma negativo, pois de Deus só vem o BEM.

Toda desgraça é obra humana; não é Vontade de Deus que alguns filhos padeçam, mas é o fruto das “malbaratadas” forças de vida que Deus nos emprestou. Estas acumuladoras desgraças acontecem há milhões de anos nas cercanias do homem; se não houvesse qualquer meio de moderar estas destruidoras causas então a colheita de males seria, realmente, arrasadora. São abençoados por Deus todos os que conhecem e usam o INSTRUMENTO DIVINO que está à sua disposição.

 É confortante saber a verdade, que o perdão divino às suas malbaratadas forças está SEMPRE PRONTO para cada pessoa que realmente deseja! A “eterna maldição”, que foi divulgada para, por meio de pavor, superstição e obediência cega, manter os homens na excomunhão, NÃO É VERDADE! Para cada erro, cada “pecado” e para todas as causas de impurezas e fraquezas, há um DETERMINADO CAMINHO ONDE PODERÃO TRANSFORMAR-SE ESTES ERROS e as criaturas serem libertas deles: o uso diário do Fogo Violeta do Amor e da Transformação.

 Se, finalmente, o homem percebe que ele é a CAUSA de toda desgraça e toda limitação em seu mundo e se ele, sincera e honestamente, reconhece e deseja REPARAR TODO ESSE MAL, ser-lhe-á dado integral auxílio. Porém, até que ele consiga atingir este ponto, permanecerá, geralmente, blasfemando contra Deus e contra o destino ou resignando-se na impressão de que esta é a Vontade de Deus – que, realmente, não é!” (Haja Luz,Ponte para Liberdade, pg. 21,22,23).

 

 

Mais sobre o assunto nas palavras de Saint Germain,

“Eu vos digo, amados discípulos, em nome da vossa Luz e do vosso progresso, mantende-vos no interior da vossa própria “Poderosa Presença EU SOU”. Não permitais que vossa atenção seja desviada ou dividida por qualquer coisa externa, se quiserdes evitar a roda de renascimentos indefinidamente.” (Livro de Ouro, pg. 81).

  “A humanidade deveria saber e dever-se-ia fazê-la compreender que muitas e muitas vezes os habitantes das cidades passam pela chamada morte e reencarnam no mesmo lugar, porque se formaram ligações que os atraem novamente aos mesmos ambientes. O discípulo que tiver de reencarnar deverá assumir o comando: “Da próxima vez nascerei numa família de Grande Luz”. Isto lhe permitirá um progresso muito rápido.” (Livro de Ouro, pg. 24).

 

 “É chegado o tempo em que a humanidade está despertando rapidamente e ela deve, de algum modo, estar disposta a reconhecer que viveu repetidamente centenas — algumas vezes milhares — de vidas, cada vez em um novo corpo físico.

 A Lei da encarnação é a atividade, na evolução humana, que dá ao indivíduo uma oportunidade para restabelecer um equilíbrio, nas mesmas condições que ele conscientemente desajustou.

 É apenas uma atividade da Lei da Compensação — Causa e Efeito, ou o que pode ser chamado processo automático de equilíbrio, governando todas as forças em toda parte do Universo. A compreensão correta desta Lei nos dá a explicação de muitas condições na experiência humana, que de outro modo nos pareceriam inteiramente injustas. É a única explicação lógica para a infinidade de complexidades e experiências da criação humana, e revela o processo e a Lei em que repousa toda manifestação.” (Livro Mistérios Desvelados, da Ponte para Liberdade, pg. 21).


Gratidão sempre! 

 
reencarnação saint germain

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido!