7 – Condenação, crítica e julgamento!

prosperidade texto 7

Por que esses três hábitos desfavoráveis impactam tão negativamente em nossas finanças?

De acordo com os Mestres Ascensionados a crítica, condenação e julgamento são uma espécie de ódio em menor grau. Nós Brasileiros ainda estamos muito conectados com essa energia de condenar, criticar e julgar os outros, algumas pessoas mais, outros menos e temos todos que aprender a ficar em silêncio, não só a boca, mas também a mente.

Não nos compete à vida do outro, as atitudes de outra pessoa só diz respeito a ela, e precisamos vigiar nossos pensamentos, fala e treinar nosso olhar para enxergar a Presença Divina em cada ser humano, assim como Deus olha para nós. Todos somos filhos do mesmo Deus.

Além do mais, não sabemos o que fizemos em nossas vidas passadas, portanto, não nos cabe julgar ninguém. Lembrando que: O mandamento de Deus é amai-vos uns aos outros, e para isso não há exceção.

Ouça o áudio aqui:

Vidas passadas…

 

Alguém pode dizer que não acredita em reencarnação, é um direito seu acreditar ou não, mas, isso não muda as leis, e muito menos apaga todos os testes e má utilização de energia que cometemos desde a nossa primeira encarnação. A vida fica infinitamente mais fácil se sabemos como funcionam as leis que regem o mundo, assim podemos usar a chama violeta para transmutar nossos erros.

Existe um motivo óbvio para não nos lembrarmos das vidas passadas, Maria Santíssima que pertence ao Reino dos Arcanjos, fala em um dos livros da SGP que para o humano é difícil lhe dar com o que acontece no hoje, imagina como ficaríamos se soubéssemos todas as “trapalhadas” e erros que cometemos em outras vidas, por esse motivo é colocado um véu sobre nossa memória externa.

Quando julgamos, condenamos ou criticamos alguém, nós nos colocamos em uma situação de superioridade e, é apenas o ego querendo chamar atenção pra si, podemos até estar mais alertas da condição Divina a qual pertencemos, entretanto, isso não nos torna melhores que ninguém.

Quando julgamos alguém abrimos a porta para que aquele mesmo erro seja cometido por nós mesmos.

Consequentemente, se eu enxergo um erro no outro é porque ele existe ou, existiu em mim, em algum nível, somos todos espelhos, e eu busco corrigi-lo em mim, e apenas em mim, cada um cuidando de si, ao outro eu ajudo visualizando a Presença Divina tomando posse daquela vida e abençoando-a, e a conduzindo ao acerto, pedindo a Chama Violeta e os outros raios para consumir dele e em mim, todas as imperfeições.

Portanto, como dizia Madre Tereza de Calcutá, quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las. Aprendamos o verdadeiro significado do Amor, e o coloquemos em prática, sem amor não há prosperidade; todas as coisas se dão pelo amor Divino e Universal.

 

“Aquilo que eu condeno foge e voa para longe de mim…”.

 

Em termos de prosperidade, além de julgar ser um hábito muito desfavorável, é muito pior quando julgamos quem tem muito dinheiro, ou o ganhou de uma forma desonesta. Como eu citei no texto 2, que falaríamos mais a frente de quem age de forma desonesta, ou ilícita chegou a hora.

 

Como disse Joseph Murphy, em O Poder do Subconsciente, tudo que a gente condena cria asas e voa pra longe da gente, tem pessoas que ficam incomodadas com as pessoas que são prósperas e dizem coisas do tipo: – Com tanta gente passando fome é um absurdo essa pessoa ter tanto dinheiro, esbanjar e gastar com coisas supérfluas, ou, como pode alguém com um salário tal alto, e outros ganhando mal, e por ai vai?…

 

Bom, como eu citei no texto 2, o Universo é um grande provedor de tudo, Deus jamais iria colocar bilhares de pessoas na Terra, para suprir uns e, deixar outros na miséria, existe sabedoria na criação e todas as coisas são perfeitas e justas.

 

Portanto, se umas pessoas são prósperas e outras não; cabem aquelas que não são; mudar a sua vibração, estudar sobre as leis que regem o Universo, assim como nós estamos fazendo, corrigir, ajustar e vibrar de acordo; para que elas também atraiam para si todo dinheiro, prosperidade, abundância, tem provimento Divino para todos. Quem precisar analisar e meditar, sobre esse assunto eu aconselho ler e ouvir o texto 2, que fala sobre mente próspera.

 

Segundo fato a ser analisado, eu tenho que querer ser próspera, abundante, opulente, isso também, já abordamos no texto 2, e além do mais, eu tenho que querer apenas aquilo que é meu.

 

Então, quando eu critico alguém que está ganhando dinheiro e gastando no meu julgamento com bobagens, eu estou desejando o dinheiro que não é meu…

 

E o dinheiro conseguido de forma ilícita?

 

Agora entra terceiro fato, a população Brasileira tem mania de crucificar os políticos, e as pessoas corruptas, isso tem que parar já. Nós temos que refletir algumas coisas: Uma delas é que os políticos são o retrato da soma da energia de grande parte da população.

 

Se grande parte é desonesta, corrupta, vive fazendo coisas erradas, e egoístas e, isso não importa, se é ficar com centavos do troco errado, ou uma grande quantia, todos os atos de corrupção somados criam a aura daquele povo e daquele país, e não tem como atrair político honesto se grande parte da população é desonesta, as pessoas precisam entender que fazem parte de um todo e, que tudo é vibração, como vimos no texto 1, assim sendo nossos políticos são apenas o reflexo da sociedade.

 

Para aqueles que acham que existe muita injustiça, convido-os fazerem uma retrospectiva do que aconteceu com a maioria das pessoas ilícitas?

Muitas já foram julgadas e condenadas pela justiça, outras perderam a liberdade, não podem sair nas ruas porque são hostilizadas, algumas perderam o patrimônio, família, saúde, beleza, juventude, tudo pra tentar manter algo que não era delas.

 

Essas pessoas provavelmente terão que reencarnar (e ai explica aquelas pessoas que vivem apenas com o básico, ou na miséria) e, ainda terão de prestar contas de suas ações. Portanto, deixemos o Universo, a Justiça Divina que é mais sábia e, misericordiosa que nós, cuidar delas.

 

Concluindo, a nós cabe sermos exemplos de honestidade, de amorosidade, de compaixão, de altruísmo, vibrarmos e exigirmos aquilo que é nosso por direito Universal de filhos de Deus que somos. Lembrando que a mesma medida de compaixão e amor que eu dou aos outros, volta pra mim.

Dever de casa

 

Vamos analisar se estamos criticando, julgando e condenando, muito as outras pessoas, vamos pedir ajuda a São Miguel para que envie seus raios de relâmpagos azuis e aniquile todo e qualquer ódio que exista, e, esses maus hábitos dentro, ao redor e através de nós.

 

Os decretos para esse trabalho de Prosperidade estão aqui. Clique!

Para ler e ouvir os outros áudios:

Texto 1 – Quais são os conceitos limitantes que temos sobre o dinheiro? 

Texto 2 – Você tem mente e sentimentos Prósperos? 

Texto 3 – Fé e Perseverança! 

Texto 4 – Concentração! 

Texto 5 – Vitória! 

 

Vitória sempre na Luz de Deus que sempre vence! 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido!