Crenças limitantes – Texto 11

prosperidade 11

Quase todos nós temos algum tipo de crença limitante, e elas moldam a nossa vida, a nossa forma de interagir, e a forma como o mundo, o universo, as coisas e as pessoas interagem conosco. Lembremos sempre, que tudo é vibração e energia, conforme aprendemos lá no texto e áudio 1.

Aquilo que cremos, repetimos e, as nossas ações irá limitar ou, expandir os nossos horizontes, e o que recebemos.

 

Levantei alguns dos conceitos e, ações limitantes mais comuns, e vou falar um pouco sobre eles:

 

Um dos hábitos negativos para prosperidade é não pagar o que deve. Como pensar em ser próspero, se eu não consigo pagar o que comprei? Como esperar ter algo, se não honro aqueles que confiaram em mim?

Lembrando que prosperidade não é apenas dinheiro, é também ter saúde, paz,  consciência tranquila, entre outros.  Algumas vezes, a situação fica complicada, e pode ser que falte dinheiro, ou tenha atraso no salário, entre outros, então, negocie o débito, mas, honrar os credores é fundamental.

Outro hábito desfavorável é não honrar o trabalho e o tempo dos outros, e isso pode ser representado desvalorizando, menosprezando o trabalho, ou, a mão de obra do outro, colocando seu trabalho como  mais importante, falando que tudo está caro, ou, que faz igual ou, melhor. Se eu não valorizo o outro, também não serei valorizado.

Muitas pessoas tem o hábito de estar constantemente em atraso, e, não cumprir horários, o tempo de todo mundo é algo muito precioso, então, se você se atrasa constantemente, você desvaloriza o tempo do outro, e assim como colhemos o que plantamos,  o nosso tempo também será desvalorizado, seja com baixo salário, falta de promoção, falta de reconhecimento pela sua mão de obra. 

 

Para ouvir o áudio, clique aqui:

Outro fato a ser abordado é trabalhar com raiva, achar ruim de pagar as contas, quanto mais amor colocamos no que fazemos, seja no trabalho, no pagamento dos boletos voltará pra nós mesmos,  então, pague as contas com alegria e, gratidão por poder honrar seus credores,  trabalhe com alegria, dê o seu melhor e, o melhor voltará pra você.

Mesmo que você não ame o seu trabalho, faça-o da melhor forma possível, com a certeza de que isso é passageiro e, que fazendo o correto, a vida dará uma forma de te colocar no lugar que é o certo para você.

Mais um tema que já foi falado nos textos anteriores é achar que o dinheiro é sujo, falar mal, sentir inveja de quem tem dinheiro, estamos no meio da pandemia de covid 19, então é complicado falar de sujeira e contaminação, mas pense que isso é algo temporário. Não temos que ter sentimentos ruins em relação ao dinheiro, a quem tem dinheiro. Aquilo que eu tenho nojo, odeio, invejo, corre e vai pra bem longe de mim.

Mais um tópico é não gostar de dinheiro, achar louvor na pobreza, como vamos manifestar dinheiro e prosperidade, se eu vejo glória e beleza na pobreza é incompatível. Lembre-se que Deus nos colocou aqui para que manifestemos tudo que é nosso por direito como filhos dele.

Outro tema que já foi falado no texto 8, foi sobre o merecimento, e quando a pessoa não se sente merecedora; ela se coloca no lugar de inferioridade, e geralmente vive se comparando com os demais, e a comparação nunca é legal. A comparação só é boa quando olhamos para ontem e, percebemos que estamos melhores hoje. Cada pessoa, e caminho são únicos, então, não se compare com os outros, e cada um recebe de acordo com aquilo que vibra e acredita. 

Somos todos filhos de Deus, não importa quais os nossos erros, temos direito a recomeçar, não devemos ser escravos do nosso passado, assim como também,  não importa o que nossos pais, ou,  os outros,  fizeram conosco para que acreditássemos que não merecemos ser prósperos, felizes, ter sucesso, ser amados,  perdoe-os, perdoe-se, sinta- se como filho de Deus, que tem todo o direito de ter tudo aquilo que é bom.

Mais uma crença limitante é achar que trabalhar é ruim;  Deus trabalha o tempo todo, os Mestres, Anjos, e toda hoste e legiões Divinas trabalham o tempo todo pra ajudar, criar e expandir a luz, então, como podemos achar ruim em trabalhar? O trabalho é bom, é sagrado. Mas, não devemos ser o seu escravo, trabalhar com inteligência, com equilíbrio tendo tempo para todas as outras coisas, sempre pedindo orientação ao Santo Cristo Pessoal, que é o nosso, Anjo da Guarda,   para nos direcionar para um trabalho que tenha a ver com a nossa missão de vida.

Achar que tem que trabalhar de mais pra ganhar dinheiro, tem que trabalhar da forma certa, crendo que a prosperidade virá.  

Outro hábito desfavorável é acumular coisas sem uso e sem utilidade, desorganização, bagunça. Não há fluxo de energia, ela fica estagnada,  e como já dissemos anteriormente nos outros textos,  energia do dinheiro é de circulação.  Desapega, doa, limpa, organiza, joga fora o que não serve, sempre com gratidão as coisas e a utilidade que elas tiveram,  abra espaço para o novo, assim deve ser com sentimentos, coisas, crenças, entre outros.  

Outro tema a ser citado é, não valorizar e nem cuidar do que tem, seja casa, carro, trabalho, relacionamento é uma demonstração de ingratidão muito grande, quando não cuido do que tenho, quando só reclamo, falo mal, brigo, eu demonstro ao Universo e,  a Deus que não estou pronta pra cuidar nem do que tenho, como posso ganhar e receber mais? – Vale para animais, plantas, relacionamentos  e, para o nosso corpo e saúde também.  

Mais uma questão a ser ponderada é gastar mais que ganha;  absolutamente tudo na vida é equilíbrio, organize  suas contas, hoje tem os aplicativos que ajudam a controlar os gastos e a fazer planejamento financeiro,  pare de comprar coisas que não precisa, antes de comprar, pergunte se suas compras são por impulso, depressão, compensação emocional, qual motivo de comprar isso? Eu preciso disso? Cuide das suas emoções.

Mais um tópico é a desonestidade, temos que ser corretos em nossas ações, as pessoas desonestas mais dia, menos dia, nessa vida ou, em outra terão que devolver e arcar com os prejuízos dados aos outros. Já abordamos isso no texto de crítica, condenação e julgamento.

Não se sentir próspero; mesmo que não tenha nada, temos que entender que recebemos aquilo que sentimos, e, se não nos sentimos prósperos é impossível atrair abundância;  temos que enxergar que tudo que nos cerca é prosperidade, temos ar em abundância, sol pra todos, terra e alimentos em fartura, se fossem bem distribuídos, todos teriam.

Temos uma variedade de plantas, lugares lindos, um corpo que é uma riqueza pura em termos de mecanismo e funcionamento, bons amigos, somos cercados de boas pessoas, lembranças maravilhosas, então, mesmo que nesse momento sua carteira esteja vazia, você tem que entender o quanto é prospero, opulente e abundante e ser grato por isso, e o resto chegará, à medida que se libertar das outras crenças e, vibrar de acordo com a prosperidade.

 

Negativismo, vitimismo, ingratidão

 

Temos que cuidar do que sai da nossa boca: – Falas negativas, palavrões, xingamentos abaixa a vibração atrai coisas ruins. Como vou vibrar coisas boas, se da minha boca só sai coisas ruins? Só sai palavrões que rasga o meu campo de proteção e atrai todos os infortúnios, desemprego, doença, degeneração, acidentes, gastos, despesas e, por ai vai…

Então, eu preciso mudar a minha forma de sentir, pra poder pensar positivo e depois falar positivo, por que todas as coisas começam no campo sentimental, os pensamentos só ganham vida se alimentados pela emoção. 

Mais um fator é a ingratidão, impossível prosperar, e mesmo se possível, é impossível manter-se próspero pelo resto da vida. Se nossa única oração no dia, fosse à gratidão por tudo que temos, somos e, por tudo que já vamos receber e seremos, já seriamos amplamente abençoados e contemplados, quando eu agradeço por algo que eu vou receber, acreditando e colocando emoção, eu recebo, porque é fé, porque eu já tenho só falta chegar as minhas mãos fisicamente.

Mais um fator é repetir e acreditar que é pobre, mesmo que não tenha dinheiro; tudo que repetimos e acreditamos ganha força, e ai, mais pobre vai ser.

O fato de não honrar, reconhecer, aceitar os pais é um dos mais importantes e, que gera dificuldades em todos os campos: relacionamentos, prosperidade, saúde, vícios, entre outros, vamos entender: -Não devemos culpar os pais pela nossa condição financeira; devemos honrá-los, e respeitá-los; não importa o que os nossos pais fizeram conosco, somos adultos e temos que ter responsabilidade pela nossa vida, eles nos deram o maior presente que foi a própria vida.

Não aceitar os pais gera um sofrimento muito grande, primeiro está indo contra a sua escolha, sim, antes de encarnar você escolheu e aceitou vir nessa família, segundo, está indo contra os planos de Deus, que não tem erros, você precisava ter esses pais pra resgatar carmas e, para aprender as lições que necessita para expandir a luz que está em você.

As pessoas só dão o que elas têm, e também assim como nós, nossos pais estão aprendendo, então, aceite seus pais, ame-os, respeite-os, honre-os. Para quem foi abandonado, ou, não sabe quem são os seus pais, eles são você, você é metade de cada um, então, aceite sua condição e, os agradeça pela vida. Pode ler mais no texto sobre merecimento.

Desarmonia, baixa autoestima, destino

 

Viver em constante desarmonia, brigas; onde há desarmonia, a luz não consegue ser ancorada, tudo que temos direito de receber, vem até nós, se nos mantermos harmonizados seja saúde, dinheiro, abundância, beleza, aprendizado, entre outras, a luz não pode agir, se rompemos esse fluxo natural da vida.

Não se aceitar, não acreditar em si mesmo, não ter amor próprio; não se achar merecedor; achar que a vida é dura, que você sempre tem que estar lutando, que tudo é difícil pra você; as pessoas vão nos enxergar como nós nos enxergamos, e seremos valorizados e atrairemos de acordo com o que sentimos sobre nós mesmos. Então, antes de culpar os outros por não ter o aumento merecido, por não ser valorizado, olhe para dentro de você e, procure entender o que está manifestando…

Acreditar que as coisas precisam ser difíceis e, que tudo está muito longe do seu alcance; assim como acreditamos, assim será nossa vida, o mesmo trabalho que dá, acreditar que tudo está longe, dá, acreditar que tudo está perto, então, pare de se sabotar e mude.

Se colocar no papel de vítima, e sempre acreditar que a culpa é dos outros, não se vendo como coautor da própria realidade; enquanto procurar culpados a dor continuará e, o problema também, ou, encaramos de frente que somos responsáveis pela nossa vida, ou, vamos continuar sendo vítimas, frágeis, indefesas, pobre coitados e, por ai vai… E vamos receber mais, e mais, motivos para sermos coitados, já que é isso que vibramos.

Acreditar que as coisas são sorte ou azar, não se vendo como responsável pelas coisas que atrai; entra na mesma linha de pensamento do tópico anterior, você é responsável pelo que te acontece, ou, você muda, ou, as coisas vão se repetir, até passar no teste.

Crer em limitações do destino, claro que todas as coisas que fizemos nas vidas passadas influenciarão nessa vida, mas, podemos mudar a realidade mudando nossa forma de pensar, agir; e também transmutar tudo com a Poderosa Chama Violeta, sempre dá pra melhorar e ser melhor, basta agir.

Separei algumas frases que a grande maioria cresceu ouvindo, acreditando e até repetindo,

Acreditar que ter dinheiro é ruim, que destrói a família, que dá muito trabalho, que vai atrair gente interesseira, é inseguro, ricos são desonestos, esnobes, arrogantes, dinheiro não traz felicidade, isso tudo é julgamento, é auto sabotagem.

A pobreza sim destrói, dá trabalho, causa perturbação, preocupação, tira o sono.

Nem todas as pessoas são iguais, sejam elas ricas, ou pobres, não julgue um, pelos outros. Se você for honesto e, verdadeiro, você vai atrair pessoas assim também, sua condição financeira não importará.

E segue outros exemplos de frases e pensamentos limitantes:

Não tem dinheiro pra todos, estamos em crise, uns muito ricos, outros sem nada; ter muito dinheiro é ganância, ricos não vão para o céu; as pessoas perdem sua essência, esquecem suas raízes, na minha família todo mundo é pobre, assim será, a economia está ruim; o momento não é favorável; tenho que guardar dinheiro para os dias difíceis.

A culpa de sermos pobres é do governo corrupto e cheio de ladrões; é muito bonito superar problemas financeiros; sou pobre, mas, honrado; tudo é muito difícil pra mim, tenho que lutar muito pra conseguir as coisas que eu quero; pra mim é impossível, onde tem dinheiro tem roubalheira, desonestidade e falcatrua. Tudo isso é crença limitante, julgamento vamos nos libertar deles. E com certeza, tem muitas mais que eu não citei aqui.

 

Dever de Casa – E como prosseguir

 

Pense primeiro no que você quer ter? Em quem você quer ser? Quais os bens materiais, que gostaria de ter?  Vale para virtudes, qualidades físicas e espirituais, entre outras. 

Depois pense em todas as crenças que te limitam, anota tudo aquilo que você acredita e pensa sobre o tema abordado, pede ajuda pro teu Santo Cristo Pessoal que é o teu anjo da guarda, para que ele te mostre do que você tem que se libertar e, as respostas virão é só ficar atento.  

Agora reflita se suas crenças estão compatíveis com o que você quer? Se sim, ótimo prossiga.

Se não são compatíveis, mude, melhore, conserte, corrija, livre-se de tudo que não acrescenta, o que não acrescenta é peso e te impede de andar, correr, subir. Todas as crenças foram impostas, elas estão em nosso ser, mas, não fazem parte dele, arranque as pela raiz e mude para crenças e conceitos melhores e ilimitados e os regue com amor, esperança e muita fé!

Podemos e devemos fazer decretos para limpar a energia dessas crenças limitantes,

Sugiro a Chama azul para aniquilação, Chama Violeta para transmutação, decretos para equilibrar a Chama Trina, decretos de abundância, decretos do Raio Branco quanto mais puros mais prósperos.

E podemos fazer algumas afirmações, vou deixar alguns decretos, clique aqui.  

 

Demais textos:

Texto 1 – Quais são os conceitos limitantes que temos sobre o dinheiro? 

Texto 2 – Você tem mente e sentimentos Prósperos? 

Texto 3 – Fé e Perseverança! 

Texto 4 – Concentração! 

Texto 5 – Vitória! 

Texto 6 – Gratidão!

Texto 7 –  Condenação, crítica e julgamento!

Texto 8 – Merecimento! 

Texto 9 -Perdão! 

Texto 10 –  Ansiedade! 

Decretos para Prosperidade! 

 

Gratidão infinita a todos, muita libertação, iluminação e  prosperidade.

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo Protegido!